Buscar

A OPINIÃO QUE LEVA A AÇÃO.

Por Ana Elisa Eurich

- Acadêmica de enfermagem do IFPR;

- Líder JUAD da base Clevelândia;

- Escritora na página "Escritos da Ana".


Ana Elisa Eurich

Primeiramente, gostaria de explanar sobre meu objetivo ao escrever este texto. Espero que este não seja mais um texto clichê, que as pessoas leem, se sentem motivadas, compartilham e depois simplesmente esquecem. Mas espero sinceramente que leve a reflexões e ações reais.


A alguns dias atrás, fui questionada sobre a minha opinião sobre a atual situação mundial. E ao refletir sobre o questionamento, percebi que a minha opinião não cria mudanças. Possivelmente, a sua opinião também não. Pode ser uma opinião extremamente bem fundamentada, mas se ela não gerar ações, será inútil.





Por exemplo, defender que o vírus da covid-19 foi ou não criado em laboratório não muda a realidade de uma pandemia mundial. Ou, estar cansado e frustrado com o contexto atual não o transforma. No entanto, se a opinião gerar uma visão equilibrada e saudável da realidade e levar a boas atitudes, será muito bem-vinda.


Creio que precisamos ser realistas ao olhar para o contexto atual. Não é a melhor época da humanidade (também não é a pior), mas é agora que nós estamos vivendo. Somos humanos, sujeitos a dores e a sofrimentos que viverão cerca de 70, 80 anos. Precisamos viver o agora. Precisamos reconhecer que os problemas, dores e sofrimentos servem para nos ensinar e nos amadurecer, tanto individual quanto coletivamente. Precisamos ensinar nossa mente a ver quantas coisas boas existem, mesmo em meio as crises.


Gostaria de lhe lembrar sobre o Apóstolo Paulo. Ao escrever a carta aos Filipenses, ele estava preso em Roma e é surpreendente como ele identifica que a sua própria prisão gerou coisas boas, e a sua capacidade de reconhecer as bênçãos em meio a dor. Não são raros os exemplos, onde vemos que as crises colaboraram para extrair o melhor das pessoas.


E é isto que eu espero que essa pandemia seja, que ela possa extrair e gerar empatia. Que ela seja um tempo onde você possa descobrir novos talentos, dons e usa-los para alegrar o mundo. Que ela nos permita reconhecer o quanto precisamos uns dos outros. Que ela nos ensine a distinguir as prioridades e a valorizar o real.


Espero que a sua opinião de “achar que o ano está perdido”, te leve a ter ações que façam o ano valer a pena. Que ao pensar que só existe caos, tristeza e dor, te inspire ideias que levem alegria, amor e compaixão ao próximo.


Como seres humanos, muitas vezes estamos programados para ver o lado ruim, no entanto, te inspiro e encorajo a ver as coisas boas. Sinceramente, não é fácil, mas esteja disposto a mudar, a olhar para o outro.


E para terminar, gostaria de deixar a frase de C. S. Lewis, dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários”. Com todo o coração, espero que essa seja uma realidade para você.

INFORMATIVO

Veja Também

19.06.png
Lôgo - Azul-min.png
Imagem3.jpg

 AMIGOS DA

 NOSSA CULTURA