top of page
Buscar

Projeto de equoterapia da Fama passa a atender pacientes de Clevelândia

24/02/2023

Diário do Sudoeste

Na última semana as Secretarias de Saúde, de Educação e de Assistência Social de Clevelândia, participaram de uma reunião com docentes da Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente (Fama), nas dependências do Centro de Saúde, onde foi discutido o atendimento da população de Clevelândia pelo projeto de equoterapia que acontece em Palmas.


O método terapêutico que utiliza o cavalo como abordagem interdisciplinar, conhecido como equoterapia, auxilia no desenvolvimento de pessoas com deficiência e outras necessidades especiais.





O objetivo, de acordo com o professor Tompson Hugo Schneider, presidente da Associação dos Autistas de Palmas e região e também titular do projeto de equoterapia, é atender as demandas das pessoas com síndromes que possuem a prescrição de equoterapia. “É uma parceria entre a Fama com os departamentos de saúde e educação de Clevelândia, um projeto social que é desenvolvido para dar sua contribuição para a sociedade clevelandense”.


O projeto ofertará para os pacientes de Clevelândia, a princípio, cinco sessões, toda segunda-feira, e deverá ser realizado em Palmas, com os profissionais capacitados. “O trabalho intersetorial vem agregando melhorias expressivas em nossa gestão, trabalhamos para dar uma vida digna para nossos munícipes,” afirmou a Prefeita Rafaela Losi.


Segundo Tompson, o projeto continuará vinculado a Palmas devido ao local apropriado, aos animais e a profissional de fisioterapia que atua no município vizinho, porém, futuramente, estuda-se a possibilidade da implantação da equoterapia em Clevelândia.


A equoterapia é ofertada em Palmas desde novembro de 2022, com cinco pacientes por dia, de forma gratuita. Atualmente, o projeto conta com 12 colaboradores, de segunda a sexta-feira, dois cavalos e outros animais em treinamento.


De acordo com Alex Fernando da Silva, secretário de Saúde de Clevelândia, os pacientes clevelandenses e seus acompanhantes receberão transporte gratuito, custeado pela administração pública de Clevelândia, para o deslocamento até o município de Palmas. O primeiro dia de atendimento dos pacientes está previsto para o dia 6 de março, com cinco atendimentos realizados todas as segundas.


O secretário afirma, ainda, que Clevelândia deverá ter um centro de tratamento de equoterapia em breve. “Hoje o projeto acontece em Palmas, porém, já iniciamos os trâmites para trazer a nossa cidade um centro de tratamento de equoterapia, em parceria com as secretarias, faculdade e administração municipal”, afirma.


Segundo Alex, “a equoterapia é indicada no tratamento dos mais diversos tipos de comprometimentos motores, como paralisia cerebral, problemas neurológicos, ortopédicos, posturais, comprometimentos mentais, como a Síndrome de Down, comprometimentos sociais, tais como: distúrbios de comportamento, autismo, esquizofrenia, psicoses entre outros, projeto este de extrema importância para nossos munícipes, trazendo qualidade de vida aos usuários”.




Comments


bottom of page