Buscar

Samu do Sudoeste inicia mobilização por mais verbas federais para o setor

28/04/2021

Base SAMU em Clevelândia

A deputada federal Leandre Dal Ponte (PV) encaminhou uma solicitação do Samu do Sudoeste em defesa de um reajuste nos repasses federais para o setor. De acordo com o prefeito de Ampere e presidente do Ciruspar, Disnei Zuca Luquini (PSDB), um reajuste equivale a uma melhora no atendimento para os 42 municípios da região, e é essa a mobilização do momento.


A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados vai debater, em maio, esse assunto. O requerimento aprovado que faz parte da comissão, traz a defasagem nos números utilizados para o cálculo de coparticipação no pagamento dos serviços do Samu. A tabela está sem atualização monetária desde 2013.


Hoje o Ciruspar (Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgências do Sudoeste do Paraná) é mantido com recursos de 29% do Governo Federal, 22% do Governo do Paraná e 49% dos 42 municípios do Sudoeste.


Em termos de valores, por exemplo, o rateio mensal dos municípios é composto de R$ 0,85 per capita mais R$ 271, por atendimento, “valores que correspondem a uma média histórica”, explicou a enfermeira Kelly Custódio dos Santos, coordenadora regional do Samu. O último reajuste foi em julho de 2013 — há quase oito anos.


Clevelândia

A Base do SAMU no município foi inaugurada em 2012, e desde então, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atende os casos de urgência e emergência, com a finalidade de melhorar o atendimento a população, destinado ao atendimento e resgate de pacientes em situações de risco, seja na rua ou em domicílio, onde haja a necessidade de intervenção especializada imediata e remoção para Unidades de Saúde com atendimento de Pronto-socorro.

Ciruspar hoje Hoje o Ciruspar conta com cerca de 350 funcionários, com a central de regulação em Pato Branco e bases em Ampere, Chopinzinho, Clevelândia, Coronel Vivida, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Itapejara D’Oeste, Palmas, Mangueirinha, Realeza e Santo Antônio do Sudoeste. O canal de comunicação para solicitação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) deve sempre ser realizado pelo número único nacional — o 192.


com informações - Redação JdeB



37 visualizações

INFORMATIVO

Veja Também

Imagem1.jpg
09.2020.png
Imagem3.jpg

 AMIGOS DA

 NOSSA CULTURA

logo 2.png