Buscar

Segundo denúncias, infectados por covid-19 não estariam cumprindo o isolamento social em Clevelândia

08/06/2020

Por Loidi Ferst

contato lex.jornalismo@gmail.com

Em reunião na manhã desta segunda-feira (08), o Comitê de Gerenciamento de Clevelândia realizou um mapeamento dos casos confirmados de covid-19 no município. Mesmo diante de 10 testagens positivas de coronavírus, está descartado, até o momento, um novo fechamento do comércio. O foco, segundo o Secretário de Saúde de Clevelândia, Rafael Barboza, está na fiscalização e monitoramento dos pacientes e das pessoas que tiveram contato com os contaminados, os quais devem ficar isolados por 14 dias.


Dos 10 casos confirmados em Clevelândia, seis são da mesma família, a preocupação das autoridades sanitárias do município que não está havendo o cumprimento das normas de isolamento por parte dos infectados e seus familiares, segundo denúncias feitas aos agentes de saúde, pessoas que testaram positivo para covid-19, assim como os monitorados, não estariam obedecendo o isolamento, descumprindo o protocolo.


Denúncias

A partir desta terça-feira (09), quem descumprir as orientações dos especialistas (não usar máscara em espaço publico, desobedecer à quarentena, festas clandestinas, aglomerações, entre outras), poderá ser multado, e em determinados casos poderá ser preso. “30% da população clevelandense ainda não entendeu a gravidade desse vírus, temos um decreto municipal e estadual que prevê multa e vamos cumpri-lo. Essas medidas estão sendo tomadas para proteção da população e para que os casos não cresçam de forma descontrolada no nosso município”, afirmou o secretário.


As festas clandestinas, aglomerações, infectados que descumprirem a quarentena, entre outras podem ser denunciadas para Polícia Militar ou no teleatendimento: plantão (46) 98403-1196. Ou no horário de expediente no Centro de Saúde municipal: (46) 3252-1433. As denúncias precisam conter fotos ou vídeos. A identidade do denunciante será preservada. “Estamos contando com o apoio da polícia, e ela será chamada se houver necessidade”, disse Rafael.


Multa

O decreto 095/2020 prevê pena de multa a ser aplicada, variando de R$500,00 a R$ 10.000,00, em caso de descumprimento das medidas de prevenção.

Confira o decreto. (clique aqui).


INFORMATIVO

Veja Também

19.06.png
Lôgo - Azul-min.png
Imagem3.jpg

 AMIGOS DA

 NOSSA CULTURA