top of page
Buscar

Testagem para dengue registra alta de 900% no Paraná já no início deste ano

16/02/2024

Bem Paraná



Com um início de ano com muitos casos de dengue, o Laboratório de Análises Clínicas (Lanac) registra aumento de 900% na testagem para a doença. Historicamente, março, abril e maio são os meses em que são registrados os maiores números de casos da doença no Paraná.


“Neste ano vimos um aumento expressivo na testagem já no final de janeiro e primeiras semanas de fevereiro”, afirma o diretor técnico do Lanac, Marcos Kozlowski. Nos primeiros quinze dias de fevereiro, o Lanac realizou 2.400 testes para a doença. O laboratório disponibiliza exames de detecção com resultados rápidos, em até 24 horas.


“Como os sintomas são comuns a outros tipos de doenças, como a covid e o H1N1, o ideal é diagnosticar precocemente para que o tratamento seja efetivo”, explica Kozlowski. Os sintomas da dengue são febre e dor de cabeça ou no corpo, atrás dos olhos, nas articulações ou manchas vermelhas na pele.


O último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado na quarta-feira passada, registrou 8.441 novos casos e mais sete óbitos pela doença no Paraná. O período sazonal 2023/2024, que teve início em julho do ano passado, soma 37.516 casos confirmados.


As sete novas mortes aconteceram em Antonina, Mariluz, Arapongas, Paranavaí, Apucarana (2) e Londrina, entre os dias 11 e 27 de janeiro. São três mulheres e quatro homens, com idades entre 24 e 75 anos. Ao todo, o Paraná soma 15 óbitos pela doença.

Comments


bottom of page