MEIGA TERRA

ASPECTOS GEOGRÁFICOS

Bons_negócios-min.png
 

LOCALIZAÇÃO

O Município está situado na Zona Fisiográfica do Iguaçu, região sudoeste do Estado do Paraná, tendo uma área de 701,5234 km2, encontra-se a 400 km da capital do Estado. Limita-se ao Norte com o município de Mangueirinha; Honório Serpa, Coronel Domingos Soares, ao Oeste com Mariópolis e Pato Branco; ao sul com o estado de Santa Catarina; a Leste com Palmas. Sua posição geográfica tem como coordenadas 26º24’15’’ de latitude sul e 52º20’23’’ de longitude W. GR, localizada no terceiro planalto paranaense com uma altitude de 950m acima do nível do mar.

Divisão administrativa:

Três distritos pertencem a comarca de Clevelândia: Clevelândia,

Coronel Firmino Martins e São Francisco de Sales.

 

A vegetação do município de Clevelândia, é formada de campos com vegetação  nativa e rasteira (pastagem nativa), algumas áreas com pastagem formada com plantio de diversas variedades de gramas, interrompidas por bosques com vegetação de porte médio. É comum a existência de pinheiro brasileiro (araucária). Existem matas de vegetação de grande porte, onde predominam: imbuía, cedro, pessegueiro bravo, canela, soita, erveira, guajuvira, angico, cabriúva, araucária. Existem reflorestamentos essenciais de nativas (pinheiro, erva, bracatinga) e exóticas (eucalipto, pinus).

VEGETAÇÃO

 

A fauna silvestre nativa existente nas florestas do Município de Clevelândia, nunca foi estudada com precisão, assim como não se conhece com profundidade a influência humana sobre a rica fauna existente. Sabe-se apenas que muitas espécies foram completamente extintas e outras foram introduzidas. A principal causa da extinção das espécies foi certamente o desmatamento intenso verificado no período do extrativismo vegetal (madeireiras, colonização), até o presente, impulsionada pela instalação de monoculturas agrícola aliado ao uso indiscriminado de defensivos agrícolas e caça predatória, praticada sobre tudo nos primeiros tempos de colonização. É importante registrar que a grande maioria das espécies existentes atualmente foi observada somente nas reservas florestais ainda existentes no município.

FAUNA

 

O Município localiza-se em região de clima frio. As temperaturas médias observadas durante o ano são de 5,2ºC no inverno, 23ºC no verão, sendo a média das compensadas de 13,6ºC. Possui clima saudável seco, bastante frio nas estações hibernais, quando se observam geadas frequentes e, por vezes nevadas, agradável no estilo.

CLIMA

 

O Município possui uma rede hidrográfica muito extensa, de aproximadamente 1.100Km, considerando 10 microbacias hidrográficas trabalhadas. Tem-se em torno de 500 km de cursos d’água permanente. Correspondente a quase 50% da área do município. Desta rede citamos os principais rios: Chopim, Capivaras, Joaquina, Banho, Brinco, São Francisco, Rondinha, Lontras, Pato Branco, Passo do Leão.

QUEDAS D'AGUA

- Duas importantes quedas estão localizadas no Rio Joaquina.

Rio Chopim com cinco quedas, sendo a mais importante a Santo Claudelino – onde está localizada uma usina hidrelétrica.

Rio Brinco com uma queda.

Rio São Francisco de Salles com duas quedas.

HIDROGRAFIA

 

Fontes:

 

IBGE Cidades

https://cidades.ibge.gov.br/

Prefeitura Municipal de Clevelândia

http://clevelandia.pr.gov.br/

Imagem3.jpg

 AMIGOS DA

 NOSSA CULTURA