Bons_negócios-min.png

MEIGA TERRA

ASPECTOS GERAIS

 

Clevelândia é uma cidade do Estado do Paraná, com área total de 704.634 km² e contava com 17 240 habitantes no censo (2010).

População estimada em 2018 é de 16.671 habitantes, sendo 12.680 eleitores aptos.

A densidade demográfica é de 24,5 habitantes por km² no território do município.

Gentílico: Clevelandense.

DEMOGRAFIA

ECONOMIA

INDÚSTRIA

Segundo o censo do IBGE de 2015, a soma do Produto Interno Bruno (PIB) per capita no município foi de R$ 23.663,30.

ATIVIDADES ECONÔMICAS

Atividades

Econômicas                                                      

Agricultura, pecuária, produção florestal,

pesca e agricultura ..........................................

Indústrias extrativas ........................................       

Indústrias de transformação .............................. 

Eletricidade e gás ............................................      

Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos

e descontaminação ..........................................      

Construção .....................................................    

Comércio; reparação de veículos automotores

e motocicletas .................................................

Transporte, armazenagem e correio ...................   

Alojamento e alimentação .................................  

Informação e comunicação ................................

Atividades financeiras, de seguros

e serviços relacionados .....................................

Atividades imobiliárias ......................................

Atividades profissionais,

científicas e técnicas ........................................

Atividades administrativas

e serviços complementares ...............................

Administração pública,

defesa e seguridade social ................................

Educação ........................................................

Saúde humana e serviços sociais .......................

Artes, cultura, esporte e recreação .....................

Outras atividades de serviços ............................

Serviços domésticos .........................................

Atividades mal especificadas .............................

Número de Pessoas

 

1.795

     4

1.335

     7

 

88

 461

 

1.218

295

174

77

 

81

 4

 

110

 

55

 

387

491

173

23

164

739

128

ESTABELECIMENTOS E EMREGO

Atividades Econômicas                               

                                                         

INDÚSTRIA.........................................................

- Extração de minerais ........................................

- Transformação.................................................. 

- Produtos minerais não metálicos.........................

- Metalúrgica......................................................

- Mecânica..........................................................

- Madeira e do mobiliário.................... .................

- Papel, papelão, editorial e gráfica........................ 

- Borracha, fumo, couros, peles e

produtos similares e indústria diversa..................... 

- Química, de produtos farmacêuticos, veterinários,

 de perfumaria, sabões, velas e matérias plásticas...

- Têxtil, do vestuário e artefatos de tecidos ............ 

- Produtos alimentícios, de bebida e álcool etílico..... 

- CONSTRUÇÃO CIVIL..........................................

- COMÉRCIO.......................................................

- Comércio varejista............................................

- Comércio atacadista..........................................

- SERVIÇOS .......................................................

- Instituições de crédito, seguros

 de capitalização.................................................

- Adm. de imóveis, mobiliários, serviços técnicos

  profissionais, auxiliar de atividade econômica........

- Transporte e comunicações.................................

- Serviços de alojamento, alimentação,

  reparo, manutenção, radiodifusão e televisão ....... 

- Serviços médicos, odontológicos e veterinários .....

- Ensino .........................................,..................

- Administração pública direta e indireta ................ 

  AGROPECUÁRIA ...............................................

 

Fonte: Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social - 2017

       Estabelecimentos

        e Empregos

 84     571

 2       4

82     567

4       5

8      11

1       4

42     352

2       2

 

9      29

 

2      3

4      8

10     153

 15     36

207   766

192    594

15     172

116    906

 

11      52

24      44

26      79

 

5       78

13      48

5      51

   2    554

110   258

AGROPECUÁRIA

Total de área dos estabelecimentos agropecuários - 64.710,802 hectares.

Números de estabelecimento agropecuários -  761 estabelecimentos.

 

Os principais produtos agrícolas do Município:

Erva – mate  - 9,000 toneladas;

Abóbora, Moranga e jerimum - 5,014 toneladas;

Arroz - 1,680 toneladas;

Aveia branca - 106,400 toneladas;

Cana – de – açucar - 10,320 toneladas;

Cebola - 1,065 toneladas;

Mandioca - 124,930 toneladas;

Melancia - 11,600 toneladas;

Milho - 63.521,195 toneladas;

Soja - 102.260,670 toneladas;

Trigo - 6.967,620 toneladas.

 

Ocupação em estabelecimentos em pecuária 1.972 pessoas.

Bovinos - 14.838 cabeças;

Leite de vaca - 11.764,115 (x 1000) litros anual;

Galinhas, galos, frangos e pintos -  43.923 cabeça.

 
 
 
 
 

EDUCAÇÃO

 

ESCOLA MUNICIPAL BENTO MUNHOZ DA ROCHA NETTO

Educação infantil e Ensino Fundamental

Bento Munhoz da Rocha Netto nasceu em 17 de dezembro de 1905 na cidade de  
Paranaguá-Pr e faleceu aos 67 anos na cidade de Curitiba-Pr em 12 de dezembro de 1973.
Foi deputado federal de 1946 a 1950, quando foi eleito governador do estado do Paraná, governando de 31 de janeiro de 1951 a 3 de abril de 1955.

Familiares do governador residentes em Clevelândia fizeram a doação de um terreno para a construção da escola. Desta forma, como homenagem a escola recebeu o nome do Governador do Estado do Paraná  Bento Munhoz  da Rocha Netto.

O prédio foi projetado e construído em convenio com o MEC e a Prefeitura Municipal de Clevelândia em 1972, na gestão do Prefeito Municipal Idevaldo Zardo, para atender estudantes de 1ª a 4ª séries. Pela portaria n° 1130/72, da Secretaria de Estado de Educação e Cultura foi autorizado o funcionamento do Curso Ginasial do Colégio São Luiz de Clevelândia para esta escola, atendendo alunos de 5ª a 8ª. Com o passar do tempo o número de estudantes diminuiu consideravelmente até ser extinta a extensão, ficando apenas o ensino de 1ª a 4ª Série.

Em 1993 através do decreto municipal nº:880/80 e resolução nº:2.190/82, foi autorizada a funcionar com quatro últimas séries do 1º:grau (5ª a 8ª séries).

Bento Munhoz da Rocha Netto

Em 1994 o ensino de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental passou sob a jurisdição do governo do estado, com a denominação de Escola Estadual Jupira Guimaraes Bondervalle, que, funciona no mesmo prédio, no período matutino. A Escola Municipal Bento Munhoz da Rocha Netto – Educação Infantil e Ensino Fundamental tem autorização de funcionamento de seu estabelecimento pela Resolução nº: 2.190/82 de 27/08/82.

No ano de 2018 foi construído playground, e a escola foi restaurada.

Devido ao êxodo rural no Brasil e também no nosso município, por diversos fatores, implicando no deslocamento de famílias de agricultores e principalmente os jovens para os centros urbanos, a escola teve o número de estudantes consideravelmente reduzido, por isso passou a funcionar com salas  multisseriadas a partir do ano de 2019, para tanto, professores estão sendo capacitados através do PROJETO ESCOLA DA TERRA/MEC/SECADI  e Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente de Clevelândia - FAMA.

Professoras que estiveram frente à direção deste estabelecimento de Ensino:

- 1972 à 1976 – Administrada pela Secretaria Municipal de Educação;

- 1977 – Marilene Bortolini;

- 1978 à 1983 - Administrada pela Secretaria Municipal de Educação;

- 1984 à 1987 – Mercedes Sonza;

- 1988 – Eunice Gomes;

- 1989 à 1991 – Ruth Stedille;

- 1992 à 1993 – Joerê Ferron;

- 1994 à 2007 – Maria Salete Malgarin;

- 1998 à 1999 – Margaret de Fatima Pasin Bertoglio;

- 2000 à 2002 – Cristiane Andriola;

- 2003 à 2008 – Antoninha Teixeira de Freitas Nelsi;

- 2009 à 2012 – Egidiamar Benetti Nogueira;

- 2012 à 2016 – Zilbete Rizzo da Cruz;

- 2017  - Giseli Barbieri;

- 2018  -  Sandra Alves Martins;

- 2019  - Ema Maria Goedel.

Escola Bento Munhoz Rocha Neto

Distrito de Coronel Firmino Martins – Rincão Torcido
(46) 3252-1568 

 

ESCOLAS MUNICIPAIS

ESCOLA MUNICIPAL RAPHAEL POCAI

Educação infantil e Ensino Fundamental

Raphael Pocai nasceu no dia 02 de novembro de 1936 na cidade de Nova Prata-RS, filho de Emilio Pocai e Irene Dimagio Pocai, sendo o 13° filho de uma família de 15 irmãos.

Casou-se em 1960 com Lourdes Acco Pocai e teve 4 filhos: Ronaldo José Pocai, Ludimar Emilio Pocai, Ricardo Pocai e Roberto Pocai.

Em 1969 veio com sua família residir e Clevelândia, e aqui construiu a sua primeira Indústria, em 1974 abriu em Foz do Iguaçu uma filial da indústria de casas pré-fabricadas, construindo centenas de casas para os operários da construção da usina de Itaipu.

Foi vereador em Clevelândia de 1973 a 1976, tendo sido presidente da câmara no ano de 1975. Faleceu em 28 de março de 1977 aos 40 anos de idade.

Raphael Pocai

Escola Municipal Raphael Pocai

Rua Sete de Setembro, nº 1115, Bairro Vila Operária.

Telefone (46) 3252 4115

e-mail: escola_raphaelpocai@hotmail.com

A Escola, que foi inaugurada no dia 09 de março de 2010, foi construída no terreno onde funcionava sua indústria, que foi doado ao município pelos familiares.  Está situada na área urbana do município, sendo a primeira a funcionar em regime integral, e atende atualmente 217 alunos. 

Como forma de homenagem, recebeu o nome de Escola Municipal Raphael Pocai.

Algumas professoras estiveram à frente da direção deste estabelecimento de Ensino:

- 2010 a 2013 - Professora Denise Maria Giunta (primeira diretora);   

- 2013 a 2016 - Professora Sandra Ferri.

- 2017 aos dias atuais - Professora Denise Maria Giunta

 

ESCOLA MUNICIPAL SÃO FRANCISCO DE SALLES

Ensino Fundamental

A Escola Municipal São Francisco de Salles, recebeu este nome em homenagem ao lugar em que está situada, por ser um distrito bom de morar, onde todos se conhecem e tem um bom convívio social.

O prédio foi projetado e construído em convênio com o MEC e a Prefeitura Municipal de Clevelândia. Era Prefeito na ocasião o Sr. Nelson Eloy Petry, e Governador do Estado o Sr. Ney Braga. A escola contava com duas salas de aula e dois banheiros.

Foi inaugurada e iniciou os trabalhos à partir do ano de 1980. No ano de 1983 houve a implantação de 5ª a 8ª séries. Neste mesmo ano devido a estadualização, a escola passou a denominar-se Escola Estadual Orestes Tonet – Ensino de 1º Grau, funcionando no mesmo prédio no horário matutino.

Total de Alunos - 57 alunos

Ampliações realizadas:

- Em 1982 – Construção de 02 salas de aula, sala de direção, 01 banheiro, 01 quadra de esportes, 01 cozinha, pelo Prefeito Idevaldo     Zardo;

- Em 1999 – Construção de 01 sala de aula e cantina, pelo Prefeito Idevaldo Zardo;

- Em 2000 – Construção de 01 sala de aula, pelo Prefeito Vanderlei Valério;

- Em 2006 – Construção de 01 sala de aula, pelo Prefeito Vanderlei Valério;

- Em 2009 – Construção de 01 quadra de esportiva coberta. Construção essa realizada pelo Governo do Estado do Paraná em         

  parceria com a Prefeitura Municipal de Clevelândia.

        

Professoras que estiveram frente à Direção deste estabelecimento de Ensino.

- 1980 à 1988 - Inês Burile Tabalipa;

- 1989 à 1992 - Romilda de Fátima Branco;

- 1993 à 1996 - Inês Burile Tabalipa;

- 1997 à 2005 - Romilda de Fátima Branco;

- 2005 à 2006 - Erotildes Arruda Simonatto;

- 2006 à 2008 - Silvana Piazza Somensi;

- 2009 à 2013 - Delair Sonza da Silva dos Santos

- 2014 à 2015 - Nelsi Natália

- 2016 - Renilde Bortolini Dolci

- 2017 - Delair da Silva

- 2018 - Adriana da Silva

- 2019 - Carolina Fonseca Machado

                                                             

Escola São Francisco de Salles

Distrito de São Francisco de Salles – São Roque, Palmital.
Telefone (46) 3252-8016 

 

ESCOLA MUNICIPAL PEDRO ALEXANDRE BROTTO

Ensino Fundamental

Pedro Alexandre Brotto nasceu em Colombo em 18/01/1996 e faleceu em Clevelândia em 28/04/1965. Casado com Ângela Scucato Brotto, teve 12 (doze) filhos dos quais se dizia orgulhoso. Homem honesto, trabalhador e progressista de Clevelândia, era destas criaturas invulgares pelo seu espirito de cooperativismo e boa vontade, pela fé grandiosa e cristã, pelo seu entusiasmo por esta cidade, de berço humilde, mas com espírito de luta e inteligência iniciou sua atividade na indústria de madeira, onde construiu um patrimônio inegável com a colaboração direta de sua família e de seus funcionários.

O Prédio que foi projetado e construído em convenio com o MEC e a Prefeitura Municipal de Clevelândia, foi inaugurado no dia 03 de agosto de 1968, passando a funcionar no ano seguinte com duas salas de aula e banheiros, sendo um masculino e um feminino. A partir de 1968 o numero de alunos sempre veio aumentando consideravelmente. Em 1997 foi implantada a Educação Infantil pela Resolução 1624 de 07/05/97.

No ano de 1978 foi implantada a 5 ° série do ensino fundamental e nos anos seguintes as outras séries do ensino fundamental e na sequencia as outras séries gradativamente. No ano de 1981 já estava funcionando do pré-escola a 8°série. Em 1993, devido a estadualização da 5 ° a 8 série passou a denominar-se Escola Terezinha Rocha- Ensino de 1° grau, funciona no mesmo prédio.

Em 2015 o colégio Estadual Professora Terezinha Rodrigues da Rocha passou a funcionar em prédio próprio, construído pelo governo do Estado do Paraná, ficando o prédio a disposição da Escola Municipal Pedro Alexandre Brotto.

 

Várias professoras tiveram a frente da direção neste estabelecimento de ensino:

1975 e 1976 – Joana Emília Petry

1977 e 1978 – Neusa Luzzi Stahlschmit

1979 e 1980 – Beverly S. Huffner Degasperi

1981 à 1989 – Mercedes Sonza

1989 à 1991 – Rosalina Maria Huffner Pardal

1992 – Vitória Bortolini Tabalipa

1993 à 1995 – Eli Maria Lange da Silva

1996 – Maria Hyronita Araújo Terhorst

1997 à 2003 – Vitória Bortolini Tabalipa

2004 à 2008 – Elizabete Roncatto

2009 à 2012 - Joerê Maciel Ferron

2013 à 2016 – Tânia Maria Weber

2017 – Kelli Ap do Amaral de Lima

2018 até os dias atuais – Ema Maria Goedel

Escola Municipal Pedro Alexandre Brotto

Rua Governador Moyses Lupion s/n, Bairro Soledade,

telefone (46) 3252 1866,

e-mail: escolaalexandrebrotto@hotmail.com

 

ESCOLA MUNICIPAL DR. ARNALDO BUSATO

Ensino fundamental (1º ao 5º ano)

 

A Escola Municipal Doutor Arnaldo Busato, foi inaugurada no dia 14 de março de 1996, na gestão do então prefeito Sadi Fazolo e do governador Jaime Lerner. A escolha do nome do patrono da escola recaiu sobre o nome de uma pessoa cujas atividades beneméritas são reconhecidas por toda a comunidade clevelandense.  Doutor Arnaldo Busato batalhou muito pela saúde e pelo bem estar da nossa sociedade. Doutor Arnaldo, criou um hospital mirim no próprio posto de saúde, onde realizou sua primeira cirurgia. Tambémfoi considerado um dos políticos mais carismáticos da história do Paraná. Teve uma das mais brilhantes carreiras da vida pública brasileira, sendo Deputado Federal e Estadual nos anos 70.

A escola foi criada como intuito de atender famílias mais carentes da nossa comunidade. A entidade mantenedora desta escola é a prefeitura municipal de Clevelândia.

Escola Doutor Arnaldo Busato

Av. Nossa Senhora da Luz, 1089, centro.

Telefone: (46) 3252 1877

E-mail: escola_arnaldobusato@hotmail.com

Dr. Arnaldo Busato

A partir do dia 05 de julho de 2005, foi autorizado o funcionamento do Centro Especializado, área de deficiência auditiva por tempo indeterminado. Em 10 de maio de 2006, a escola passou a ofertar atendimento na área da saúde mental oferecendo uma classe especial no período matutino por tempo indeterminado. Em dezembro de 2006, foi autorizado o funcionamento do ensino fundamental - Fase I, na modalidade educação de jovens e adultos.

A Escola funcionou em período integral com atividades em contra turno até o ano de 2006.

 

Ocuparam cargo no corpo docente e administrativo desta escola:

1996 – presidente Ana Maria Fazolo, diretora pedagógica Jussara Helena Sardá

1997 a 1998 – diretora  Jussara Helena Sardá;

1999 a 2006 – diretora Elicinéia Pacheco Mathias;

2009 - Rozeliane Dlugoss;

2010 a 2011 – Diretora Vaine Mari Dolci;

2012 a 2016 – diretora Rejani Arruda Rossini;

Atualmente a diretora é a professora Marli Zanchet Dall Asta.

 

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO MARCELINO PONTES

Educação Infantil e Ensino Fundamental

 

Por volta de 1886, veio de São Paulo, o professor Antônio Marcelino Pontes, primeiro professor de Clevelândia, não passou muito tempo, obteve dos clevelandenses a admiração que fazia jus. Chamavam-no de “seu Mestre”, ou professor Mestrinho.

A existência desta escola em Clevelândia, segundo informações advindas de moradores antigos, por volta de 1934, segundo também o primeiro estabelecimento de ensino criado no município e por vários anos teve o nome de Grupo Escolar De Clevelândia.

Funcionou em diversos locais da cidade. O atual prédio foi iniciado no governo do Dr. Bento Munhoz da Rocha e concluído na gestão do Dr.Adolpho de Oliveira Franco em 1995. Mais tarde, denominou-se Grupo Escolar Professor Antônio Marcelino Pontes.

 Em 25 de maio de 1983, devido a implantação de novas reformas de ensino, passa a denominar-se Colégio Estadual João XXIII incorporando a Escola Marcelino Pontes.

Com a Lei de Diretrizes e Bases para Educação, Lei 9394/96, que municipaliza as escolas de 1°Grau, o ensino de 1ª a 4ª série, do Colégio Estadual João XXIII, passa a ser de responsabilidade do município, através da Resolução nº1229/99 de 23/03/1999 e volta a usar a denominação de Escola Municipal Professor Antonio Marcelino Pontes – Educação Infantil e Ensino Fundamental em retomada ao antigo nome do estabelecimento.

Antonio Marcelino Pontes

Hoje funciona em parceria com a Faculdade FAMA - Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente.

Atualmente a escola está sob a direção da professora Fátima Senhor, atendendendo a uma clientela de 433 alunos.

Escola municipal Antonio Marcelino Pontes

Rua. Piragibe de Araújo, 461, centro.

Telefone: 3252 3536.

 

CMEIs

GRAÇA APARECIDA RIBEIRO PACHECO

Atende crianças de 0 meses a 5 anos, em período integral, sendo que o horário de funcionamento é das 8 horas às 17 hora.

 

O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Graça Aparecida Ribeiro Pacheco, recebeu este nome em homenagem a professora Graça Aparecida Ribeiro Pacheco, por ser educadora nesse município, por muito tempo. O prédio foi construído na gestão do Prefeito Municipal Vanderlei Valério, no ano de 2006. Iniciou suas atividades no dia 03 de março de 2008.
O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Graça Aparecida Ribeiro Pacheco, tem como mantenedora a Prefeitura Municipal, o referido centro foi construído nesse bairro por se tratar de uma localidade onde as pessoas residentes são mães trabalhadoras operárias e por conta disso necessitam que seus filhos recebam cuidados e educação adequada enquanto trabalham.

 

Teve as seguintes diretoras:
Rejani Arruda Rossini;

Márcia Douglas;

Márcia Ponzoni;

Elisandra Martins Sandini;

Kelli Aparecida Do Amaral de Lima.

Centro Municipal de Educação Infantil Professora Graça  Aparecida

Ribeiro Pacheco, está localizada no Bairro Vila  Operária,

Rua Piragibe de Araújo, S/N.
 

LAR BOM SAMARITANO

Atende crianças de 0 meses a 5 anos, em período integral, sendo que o horário de funcionamento é das 8 horas às 17 horas.


O Centro Municipal de Educação Infantil Lar Bom Samaritano, atende aproximadamente 40 famílias residentes nos bairros próximos. O Centro Municipal de Educação Infantil Lar Bom Samaritano recebeu este nome em homenagem a comunidade do bairro, porque Samaritano significa ser bom, cooperativo, participativo e principalmente caridoso quando se trata de ajudar nas questões sociais.
O Centro iniciou suas atividades no dia 17 de fevereiro de 2003. O prédio foi construído na Gestão do Prefeito Idevaldo Zardo, em 1987, com auxílio do Governador do Estado do Paraná Álvaro Dias.

 

Diretoras que atuaram ao longo do tempo:

Zeli Daneluz;

Rosa Maria Pacheco;

Sionete Crozetta;

Inês Santetti;

Rozineri Alves Arruda;

Regiane Arruda Rossini;

Maria Hyronita Araújo;

Jandira Zeferino;

Rosa Maria Pacheco; 

Centro Municipal de Educação Infantil Lar Bom Samaritano, está localizada na Rua Olavo Bilac, bairro Claret.

Telefone (46) 3252-1814

PROFESSORA MADELAINE SARTORI BAHLS

Atende crianças de 0 meses a 5 anos, em período integral, sendo que o horário de funcionamento é das 8 horas às 17 horas.

 

O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Madelaine Sartori Bahls recebeu este nome em homenagem a professora Madelaine Sartori Bahls, por ter sido educadora por muito tempo neste município. O Centro iniciou suas atividades no dia 17 de fevereiro de 2003, e tem como mantenedora a Prefeitura Municipal, também recebe auxílio do Ministério da Educação.
O referido Centro foi construído nesse bairro por se tratar de uma localidade onde as pessoas residentes são na maioria de baixa renda, e por conta disso necessitam que seus filhos recebam cuidados e educação adequada, enquanto trabalham.

 

Teve como primeira diretora a senhora Cristiane Andriola e a atual diretora a senhora Adriana Aparecida Nunes Pereira.
 

Centro Municipal de Educação Infantil Professora Madelaine S. Bahls, está localizada na Rua Guaraci Belo Marinho, bairro Araucária. Telefone (46) 3252-1376 

No dia 25 de abril de 1985, reuniram-se no pavilhão paroquial, 26 pessoas para uma reunião onde o objetivo seria formar uma diretoria e trabalhar junto com a igreja católica em prol das crianças carentes de Clevelândia. Lar Bom Samaritano recebeu este nome por ser o padroeiro dos Missionários Claretianos e porque Santo Antônio preocupou-se com os pequeninos. O Centro iniciou suas atividades no dia 29 de abril de 1985, sendo o centro infantil mais antigo de Clevelândia, tendo como primeira diretora a senhora Idalba Daneluz, teve como mantenedora a Cáritas de Clevelândia em parceria com a Prefeitura Municipal, até junho de 2017. A partir de então houve a municipalização do Centro de Educação Infantil, ficando como mantenedora atual a Prefeitura Municipal de Clevelândia, passando a denominar-se Centro Municipal de Educação Infantil Santo Antônio Maria Claret, tendo como atual diretora a senhora Mariane Formehl Macedo.
O referido Centro foi construído no bairro Aeroporto por se tratar de uma localidade onde as pessoas residentes são na maioria de baixa renda, e por conta disso necessitam que seus filhos recebam cuidados e educação adequada, enquanto trabalham.

LAR BOM SAMARITANO MARIA CLARET

Atende crianças de 0 a 5 anos, em período integral, sendo que o horário de funcionamento é das 8 horas às 17 horas.

 

 

Centro Municipal de Educação Infantil Lar Bom Samaritano Maria Claret, está localizada na  Rua Guarani, bairro aeroporto, telefone 3252 1355. 

ENSINO SUPERIOR

FAMA - Faculdade Municipal de Meio Ambiente

Endereço: Rua Piragibe de Araújo, 461-767, Centro

Telefone (46) 3252-3399

ESCOLAS ESTADUAIS

Escola Indígina Nitotu

Rua Sete de Setembro, Sinval M. Araújo
Telefone (46) 3252-1750 

Colégio Estadual Presidente Castelo Branco

Av. Nossa Senhora da Luz, 1439, Bela Vista 
Telefone (46) 3252-1595 

Colégio Estadual Orestes Tonet

Distrito São Francisco de Salles, Palmital
Telefone (46) 91010699 

Colégio Estadual Abílio Carneiro

Rua Barão do Rio Branco, 643, Vila Operária 
Telefone (46) 3252-1893 

APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais

Rua Guarani, 91, Aeroporto 

Telefone (46) 3252-1186

 

Colégio Estadual João XXIII

Rua da Liberdade, Centro

Telefone (46) 3252-1431

Colégio Estadual Gleci Regina Zanchett

Assentamento Butiá, Fazenda Farias

Colégio Estadual  Profª Terezinha R. da Rocha

Rua Crescêncio Martins, Soledade
Telefone (46) 3252-2315 

Escola Estadual Jupira Guimarães Bondervalle

Rua Distrito de Coronel Firmino Martins -

Rincão Torcido
Telefone (46) 99124-8820 

Centro Est. Educ. Profissional Assis Brasil

Rua José Ezilio, 97, São Sebastião

Telefone (46) 3252-1421 

ESCOLAS PARTICULARES

Escola Amma Educar

Endereço: Rua Coronel Pedro Pacheco, 961, Centro

Telefone (46) 3252-4215

Escola Crecêncio Martins

Endereço: Rua Coronel Firmino Martins, 1144, Centro 
Telefone (46) 3252-1796

Achieve Languages by Oxford - Escola de Inglês

Endereço: Cel. Pedro Pacheco, 344, Centro

Telefone (46) 3252-3322

 
 
 
 
 

SAÚDE

Centro Municipal de Saúde Pref. Antonio Selso Bortolini

Endereço: Rua Guarani, 42, Bairro Aeroporto 

Telefone (46) 3252 1433

Hospital - Associação Pró Saúde de Clevelândia.

Endereço: Rua São Sebastião, 483, Bairro São Sebastião

Telefone (46) 3252 1489

Unidade de Saúde da Família - Antonio José Losi

Endereço: Rua Tancredo Neves, Bairro Sinval Martins

Telefone (46) 3252 3069.

Unidade de Saúde da Família - Soledade

Endereço: Rua Crescêncio Martins, Bairro Soledade

Telefone (46) 3252 1337.

Unidade de Saúde da Família - Renato Lorenzoni 

Endereço: Bairro Vila Operária. 

Unidade de Saúde da Família - Aeroporto

Endereço: Rua Guaraní, Bairro Aeroporto

Telefone (46) 3252 1433.

Unidade de Saúde da Família - Orleide Neves Anzileiro

Endereço: Av. Nossa Senhora da Luz, Bairro Estrela

Telefone (46) 3252 3379.

 

PREFEITOS

Os prefeitos de "Bela Vista" até a mudança do nome para Clevelândia, foram os seguintes:

 

1º - Diogo de Souza Bello 1892 – 1896

2º - Pedro Ferreira Bello 1896 – 1900

3º - Domingos Ferreira Pacheco 1900 – 1904

4ª - Major Sansão Carneiro 1904 – 1908

5ª - José Júlio Cleto da Silva 1908 – 1910

 

Pela Lei Municipal nº. 3 de 10 de agosto de 1908, mudou-se o nome de "Bela Vista" para Clevelândia, em homenagem ao então presidente dos Estados Unidos da América do Norte, Stephen Grover Cleveland,  o qual como árbitro revogou a questão internacional das Missões que o Brasil mantinha com a Argentina .

 

Os que prosseguiram com a administração como prefeitos de Clevelândia são os seguintes:

 

6º - Pedro Ferreira Maciel 1910 – 1920

7º - Lydio Albuquerque 1920 – 1923

8º - FanciscoKastner 1923 – 1924

9º - Dr. Piragibe de Araújo 1924 – 1925

10º - Estevão R. Nascimento Jr. 1925 – 1929

11º - Antonio da Rocha Loures 1929 – 1930

12º - Manuel Lustosa Martins 1930 – 1936

13º - Marcelino Prestes 1936 – 1939

14º - Ótavio Francisco Mattos 1939 – 1940

15º - Dr. Rubes Benetti 1940 – 1941

16º - Major José Scheleder 1941

17º - Antonio Augusto Patittuci 1941 – 1943

18º - Tenente Luíz José dos Santos 1943

19º - Dr. Antonio Anibelli 1944 – 1945

20º - Crescêncio Martins 1945 – 1951

21º - Dr. Sinval Martins Araújo 1951 – 1955

22º - Dr. Sinval Martins Araújo 1955 – 1958

23º - Jesuíno de Siqueira Bello 1959 – 1963

24º - Dr. Arival Antonio Zardo 1964 – 1968

25º - Dr. José Guerreiro de Paula 1969 – 1973

26º - Idevaldo Zardo 1973 – 1977

27º - Nelson Eloi Petry 1977 – 1983

28º - Idevaldo Zardo 1983 – 1988

29º - Antonio Celso Bortolini 1989 – 1992

30º - Sadi Fazolo 1993 – 1996

31º - Idevaldo Zardo 1997 – 2000

32º - Vanderlei Spinelli Valerio 2001 – 2004

33º - Vanderlei Spinelli Valério 2005 – 2008

34º - Ademir José Gheller 2009 – 2012

35º - Álvaro Felipe Valério 2013 – 2016

36º - Ademir José Gheller 2017 - 2020

BAIRROS

Bairros de Clevelândia

 

Centro, São Sebastião, Anita Pacheco, Santa Terezinha, Araucária, Soledade, Almoxarifado, São Luiz, Aeroporto, Bela Vista, Estrela, Eapi, Industrial, Jardim Brasilia, Vale do Sol, Camifra, Bom Jesus, São Joaquim, Vila Operária, Vista Alegre, Santo Antonio, Nelson Eloy Petry, Sinval Martins de Araújo, Claret, Rosa Branca I e II, Goitacas, Jardim das Flores

Comunidades do Interior do Município

 

São José; São Roque; Nossa senhora de Fátima; Nossa Senhora dos Navegantes; Serrano Baixo; Serrano Alto; Paiol Grande; São João. São Luiz; Campo Alto; Passo do Leão; Moraes; Projeto Butiá; Santa Maria; Cabeceira do Banho; Rincão Torcido; K8; Raia Velha.

 

Fontes:

IBGE Cidades

https://cidades.ibge.gov.br/

Prefeitura Municipal de Clevelândia

http://clevelandia.pr.gov.br/

Secretaria Municipal de Educação

Imagem3.jpg
radio-min.png

 AMIGOS DA

 NOSSA CULTURA